Grandes empresas estão produzindo processadores quânticos

Algumas empresas como a Google,IBM e Intel estão projetando uma nova produção de processadores quânticos,que em tese seriam capazes de realizar cálculos milhões de vezes mais rápidos do que qualquer outro já existente.
A diferença entre um processador quântico e um comum,está justamente no processamento de bits,que são informações obtidas em dois valores: 0 ou 1.Ou seja,toda atividade realizada no equipamento,seja postar fotos ou outros dados,nada mais são do que uma longa sequência de 0 e1 processadas em milésimos de segundos pelo CPU.
Já nos computadores quânticos,se trabalha em qubits( ou quantum bits ) que ,em vez de alternarem entre 0 e 1,podem processar esses dois valores ao mesmo tempo- isso chama-se superposição.

IBM cria processador quântico

Para se ter ideia desse potencial, cada qubits a mais multiplica exponencialmente sua capacidade de processamento. Se 10 qubits podem representar 1.024 valores diferentes, com 15 qubits esse número salta para 32.768.
Para muitos pesquisadores, a chamada “supremacia quântica” — ou seja, o momento em que os computadores quânticos ultrapassarem a barreira física de processamento dos computadores tradicionais — ocorrerá quando mais de 50 qubits puderem operar em conjunto. Apesar das notícias mais recentes serem promissoras, ainda estamos longe dessa realidade.

Isso porque usar um computador quântico requer diversos cuidados. Diferente do processador comum, a natureza instável da partícula subatômica exige um ambiente livre de qualquer interferência externa. Em geral, os computadores quânticos operam em temperaturas baixíssimas — o da IBM fica estável a -273ºC — e em locais isolados onde nem ondas de rádio podem entrar.
Por esses e outros motivos que, repetimos, é pouco provável que um dia teremos um iPhone equipado com um processador quântico. Ainda há questões como o alto custo de produção e a dificuldade em programar em cima de uma arquitetura tão complexa como essa, além do fato de que o usuário comum pouco se beneficiaria da capacidade gigantesca de cálculo que ele proporcionaria.

FONTE: techtudo

Bombardeio á Síria após Ataque de Arma Química contra Civis

Lançamento de míssil francês do Mediterrâneo em direção à Síria – HANDOUT / AFP

Na noite desta sexta-feira foi anunciado um bombardeio pelos EUA á Síria motivado pelo Ataque Químico do governo de Bashar al-Assad ,contra rebeldes e teria atingido muitos civis incluindo crianças.

Após ameaças de Donald Trump, França e Reino Unido bombardearam alvos militares em repressão a bárbarie contra civis.

Em nota o presidente da Rússia Vladimir Putin , afirmou que os ataques tornam ainda pior a situação catastófrica na Síria.

O Ataque recebeu apoio de países ocidentais como a Alemanha,mas foi recebido com cautela por outros como a China.A chanceler Alemã Angela Merkel ,que era contra os bombardeios ,voltou atrás e falou que a ação era “Importante e Apropriada” para alertar Damasco contra o uso de armas químicas.

Já o porta voz do Ministério de Realações Exteriores da China, Hua Chunying disse que qualquer ação militar viola os princípios e normas básicas do Direito Internacional.

Fonte:G1